Despertar Vocacional, como usar o ambiente digital para exercer a voz do chamado

Despertar Vocacional, como usar o ambiente digital para exercer a voz do chamado

Já diria o Papa Francisco “todos são chamados a serem protagonistas da missão”. Existe uma missão para a Igreja e cumprir em primazia é algo muito relevante para todos, em especial àqueles que exercem o dom do despertar vocacional.

Fica muito claro que hoje em dia existe uma verdadeira luta para conversar com todos. Os motivos são os mais variados. Primeiro que o Brasil tem proporções continentais. Isso significa que atingir todos os rincões desse país se torna uma tarefa hercúlea. Segundo que cada vez mais as pessoas estão ocupadas e “sem tempo” para espiritualidade. }

Por último, entra a pauta da internet. A vilã para muitos, a salvação para outros. Hoje queremos trazer uma visão equilibrada sobre o assunto e também como podemos tornar esse ambiente um lugar de propagação de vida, esperança e vocação.

É hora de agir em favor do despertar vocacional. 

Online vs Offline 


O que é melhor, o mundo online ou o mundo offline? A verdade é que essa discussão já venceu a validade. Porque não existe divisão entre esses dois mundos. Diversos filósofos modernos atentaram ao fato de que uma vez que as relações íntimas (familiares, fraternas e amorosas) têm suas extensões no campo digital, não apenas como uma repetição do físico, mas como uma continuidade, acreditar na divisão entre online e offline não faz mais sentido.

No marketing isso tem um nome: omnichannel. Esse termo significa onipresença em todos os pontos de contato com um cliente. Seja por telefone, internet, jornal, rádio, tv e, claro, presencialmente. Esse contato é feito de forma coesa, com unidade e que buscam o mesmo objetivo.

Infelizmente no campo religioso ainda vemos uma dicotomia entre os que são totalmente adeptos das práticas online, como se estas fossem o único caminho para chamar mais pessoas a entender a sua vocação. E aqueles que são completamente contrários a qualquer atalho tecnológico, acreditando que apenas o contato presencial é capaz de apresentar o carisma e incentivar a fé.

A verdade é que essa divisão não deveria ser assim. As pessoas trafegam entre o “universo online” e o “universo offline”. Logo, o mais certo a se fazer é estar presente em todos os canais, levando a Palavra de Cristo em qualquer situação e adaptando os cenários.

Então vamos colocar cada universo em seu lugar e conversar sobre como ser mais acessível, disponível e certeiro em sua comunicação. 

Marketing digital, o grande aliado para grandes multidões


O primeiro computador foi apresentado ao mundo em 15 de agosto de 1943. Naquele momento seu uso era apenas militar e assim foi até meados dos anos 60, quando grandes empresas começaram a ver necessidade de automatizar processos e guardar informações.

Essa evolução continuou no campo corporativo pelos próximos anos, quando no final dos anos 70 e início dos 80 se popularizou para o uso pessoal, a internet também evoluiu e assim foram os primeiros passos da tecnologia. Estudiosos dizem que cada passo da tecnologia tende a ser o dobro do último, por isso a evolução nos parece ser mais rápida, pois ela realmente é.

Então, revisitar a maneira como a animação de vocação é feita em sua congregação ou instituto é essencial. Ainda mais se pararmos para pensar no tamanho do Brasil. Quantas viagens seriam necessárias para conversar com uma multidão de 1000 jovens espalhados pelo Brasil?

Pensando nisso, usar ferramentas de marketing digital a favor da estratégia de despertar vocacional é essencial para que essa missão continue. Aqui estão algumas formas de você utilizar o marketing digital para o despertar vocacional.

  • Desenvolver o site da sua instituição e otimizar para que ele seja encontrado em buscadores como o Google
  • Criar materiais ricos que falem sobre chamado, carisma, vocação religiosa e afins
  • Captar esses leads através de landing pages
  • Se comunicar com eles através de e-mail, WhatsApp e push notification 
  • Estreitar relacionamento em vídeo chamadas, aulas ao vivo e grupos no Whats ou Telegram
  • Mostrar bastidores e dia a dia nas redes sociais

Conduzir o seu público por essa jornada possibilitará que mais e mais pessoas sejam despertadas e assim a boa obra continue a correr. Isso, de forma nenhuma, deve substituir ou ser a única maneira de se relacionar, vamos falar um pouco disso no próximo tópico. 

E o presencial, como fica? 


Como falamos, os extremos são complicados de lidar. Falar sobre atualizar métodos de despertar novos vocacionados, jamais será uma sentença do fim das relações pessoais. Quer um bom exemplo? Existem muitas ações de marketing digital para concertos e festivais de músicas. Elas passam por muitas etapas que falamos acima. Porém, o objetivo final continua sendo a presença física das pessoas no local.

Lembre-se, o ser humano é um ser relacional, Deus nos criou para vivermos em comunidade. As técnicas de marketing digital servem como auxílio, mas não têm a função de substituir o relacionamento interpessoal. Inclusive, nós incentivamos essa prática. É como se fosse o final da jornada. Você atrai o lead, nutre ele, converte em um evento e então o final é o relacionamento presencial. Isso pode ser feito em cursos, seminários, encontros e por aí vai.

Lembre-se que somos chamados para a obra e devemos incessantemente buscar por novos trabalhadores para a colheita, utilizando das ferramentas que o Senhor nos dá e conversando com o público dessa era.

Quer saber mais sobre como tocar vidas e criar o despertar vocacional através do marketing digital? Conte com a Agência Kharis e com o nosso coração e disposição para servir o Reino através das habilidades que o Senhor nos concedeu.

Ficamos à disposição para conversarmos mais sobre estratégias e táticas de atração da juventude e juntos mantermos a chama da vocação acesa. 

MAIS SOBRE

Vocação

ÚLTIMOS POSTS

ÚLTIMOS POSTS

Compartilhe:

Junte-se a nossa lista e receba atualizações, artigos e dicas incríveis para potencializar a evangelização.

Não sabe por onde começar?

Precisa de ajuda agora?​

Copyright 2019 – 2022 – Agência Kharis. Todos os direitos reservados. CNPJ: 34.896.772/0001-75

Digite seus dados abaixo