Marketing de evangelização: saiba o que é e como utilizar a favor de empresas católicas em 4 passos

Marketing de evangelização: saiba o que é e como utilizar a favor de empresas católicas em 4 passos

Quando eu falo a palavra tecnologia, quais marcas vêm à sua mente? Apple, Samsung, Microsoft? E quando falamos em refrigerantes? Coca-Cola ou Pepsi? Quando o assunto são carros? Audi, BMW, Ferrari, Mercedes? Enfim, existem marcas que até se tornam sinônimo do seu produto – Nescau, Gillette, Cotonete, Maizena, etc.

O fato dessas marcas se tornarem amadas e até mesmo sinônimos na sua categoria é fruto de muito marketing de evangelização. Apesar desse termo ser mais recente, ele é fruto de algo mais longo que vem sendo trabalhado há décadas, a construção de marca.

Hoje vamos falar sobre branding e, principalmente, sobre marketing de evangelização.

O que é branding? 

Branding nada mais é do que o trabalho de gestão de uma marca, a construção que faz ela ser reconhecida por seus valores e atributos. É um processo longo que envolve missão, visão, valores, posicionamento, atributos, personalidade, arquétipo e muito mais.

Porém, vamos resumir em poucas frases o que é o branding no dia a dia. Quando você faz uma postagem da sua empresa no Instagram, é branding. Quando atende um cliente, é branding. Quando oferece um produto com valor muito abaixo ou muito acima da média, é branding. Se o produto é resistente, é branding. Tudo pode ser usado como branding, até coisas que você não percebe.

Por isso, o trabalho de marca tem que ser feito de maneira organizada e estratégica. Assim, você irá causar o sentimento correto nas pessoas e mostrar a sua verdadeira identidade. Apesar de ser um trabalho de longo prazo, os frutos dele também serão colhidos por muito mais tempo.

Mas percebeu que o trabalho de conquistar alguém e de eventualmente essa pessoa não só se tornar um cliente, mas alguém fiel à marca é algo próximo a uma evangelização? Esse termo é muito comum para nós católicos, mas quando falamos de marketing de evangelização ele vai um pouco além.

Vamos abordar um pouco sobre o tema. 

O que marketing de evangelização? 

A pessoa responsável por trazer luz a este tema e torná-lo algo conhecido até os dias de hoje é Guy Kawasaki. Ele foi, por muitos anos, o evangelizador chefe da Apple. É através dele e da sua visão de construção de marca que saíram alguns dos comerciais icônicos dos anos 80, como esse que lançava o MacIntosh, o primeiro computador pessoal da Apple.

1984 Apple’s Macintosh Commercial (HD)

Kawasaki foi o precursor de ir além no relacionamento e na fidelização dos clientes Apple. Não tem a ver mais com recorrência de compra ou mesmo ter uma parceria longeva. É alguém apaixonado por uma marca, que defende ela publicamente, que aconselha seus amigos e familiares a comprar produtos dela e por aí vai.

Aqui não tem a ver com recompensas ou benefícios especiais. É o sentimento de pertencimento a uma comunidade e o apreço por tudo que ela faz. Claro, isso vem acompanhado por bons produtos, mas o marketing de evangelização se torna basilar aqui, pois gera a identificação necessária para que esse cliente se torne mais adepto de uma marca.

Assim, surge o que chamamos de lovemarks, vamos falar um pouco mais dela no próximo tópico. 

Lovemark 

Eu já citei acima alguns exemplos, mas existem inúmeras marcas que são não só reconhecidas, mas também amadas. Starbucks, Apple, Heineken, Ferrari, Harley Davidson, Nike, Adidas e muitas outras.

Não é só o fato delas terem pessoas que gostem de seus produtos, mas também que são ansiosas por lançamentos, que se reúnem em eventos especiais, que criam comunidades inteiras dedicadas a essas marcas.

Claro, aqui falamos de exemplos globais e facilmente acessíveis. O bom sinal é que você não precisa ser uma empresa enorme para se tornar uma lovemark. Existem lovemarks menores e mais regionalizadas. E esse trabalho é bem possível de ser feito. Vamos entender então 4 passos para fazer o marketing de evangelização e apaixonar os seus clientes. 

4 jeitos de fazer seu cliente se apaixonar 

Se você é casado ou está namorando, noivo, enfim, sabe como foi uma aventura o processo de conquista e como aquele sentimento de paixão é bom. Para uma marca a lógica é similar. Existem atos que você pode fazer que ajudam a apaixonar o cliente e torná-lo fiel à sua marca. 

Primeiro passo: admiração 


A primeira forma de apaixonar seus clientes é colocar pessoas admiráveis na linha de frente de uma empresa. Pessoas que prestam atendimento amigável, que são simpáticas e que assim conquistam a confiança. Essa é uma das primeiras formas, e uma das mais genuínas, de conquistar e transformar pessoas em amantes da sua marca. 

  • Segundo passo: customização


Já no primeiro comercial da Apple, não estava sendo vendido um produto, mas sim uma ideia, um conceito. Ali, era o think different, propondo uma nova maneira de ver e pensar o mundo. Logo, customizar sua mensagem e vender sonhos e ideais, são essenciais para que se crie uma lovemark. 

  • Terceiro passo: escuta

Aqui serve em duas vias. Se você escuta seus clientes, sabe o que pode e deve ser melhorado em seu produto ou serviço. E ao ouvir o seu cliente, você também pode colher bons testemunhos a favor da sua marca e assim conquistar novos adeptos. 

  • Quarto passo: crie conteúdo


Por último, crie conteúdos relevantes e que ajudem o dia a dia dos seus clientes. Aposte no marketing de conteúdo, invista em blog com muita informação, dicas, curiosidades. Crie uma atmosfera em torno da sua marca. Algo que gere valor que vá além do produto ou serviço vendido. 

Conclusão

Entenda, construção de marca e lovemark não se fazem da noite para o dia. Exige tempo e investimento e é natural que você possa estar um pouco perdido. Mas fica tranquilo que estamos aqui para ajudar.

Esse desafio é ainda mais empolgante quando falamos de negócio de nicho católico e aí entra a nossa atuação.

Somos a Agência Kharis! Mais que uma empresa de marketing digital, são pessoas reunidas pelo propósito de fazer o Reino de Deus avançar em todas as áreas, usando técnicas de marketing digital.

Se quiser conversar mais sobre nossas soluções e como pode ajudar seu negócio a ter mais clientes, clique no botão abaixo e marque uma conversa com a gente.

MAIS SOBRE

Negócios católicos

ÚLTIMOS POSTS

ÚLTIMOS POSTS

Compartilhe:

Junte-se a nossa lista e receba atualizações, artigos e dicas incríveis para potencializar a evangelização.

Não sabe por onde começar?

Precisa de ajuda agora?​

Copyright 2019 – 2022 – Agência Kharis. Todos os direitos reservados. CNPJ: 34.896.772/0001-75

Digite seus dados abaixo